cipiao_2O Círculo dos Novos Cipiões é um grêmio literário, histórico e filosófico, inspirado no Grex Scipionis da Roma antiga, fundado em 2009 com a participação da comunidade acadêmica da Faculdade de Direito Cantareira e conduzido pelo Prof. José Guida Neto, Mestre e Doutor  em Filosofia do Direito, coordenador do curso e professor de História do Direito, Filosofia Geral e Jurídica, Direito Romano e Ética Profissional.

O Círculo dos Novos Cipiões da Faculdade de Direito Cantareira deve seu nome ao “GREX SCIPIONIS” (Círculo de Cipião) da Roma clássica, um grupo de amigos que existiu em Roma por volta da metade do século II a.C. Os integrantes do grupo eram aristocratas, políticos e intelectuais que promoviam atividades de interesses literários, filosóficos e culturais, em geral, com orientação helenística, e exerceram uma influência notável no desenvolvimento da literatura e da cultura latina. Como mecenas, foram protetores de Lucílio e Terêncio. Tinham contato estreito com grandes personagens da cultura grega da época, tais como Panécio de Rodes e Políbio.

Foi verdadeiramente relevante a influência das ideias inovadoras do Círculo de Cipião na cultura romana, ainda fortemente conservadora e ligada aos rígidos ditames da arcaica e tradicionalista moral dos seus ancestrais. Destaca-se neste âmbito a afirmação no mundo romano do conceito dos humanistas gregos, ou seja,  a valorização do homem como indivíduo e não apenas como parte de um Estado. Tal legado marcou fortemente não somente a literatura latina posterior, mas também, a cultura europeia e a idade humanista da renascença.

O Círculo dos Novos Cipiões da Faculdade Cantareira se reúne no átrio do Núcleo de Prática Jurídica do campus Belém, onde analisa obras clássicas previamente lidas pelo grupo. O programa é aberto para os alunos de todos os semestres do curso e as obras seguem uma sequência lógica e sistêmica, de modo que seu grau de complexidade aumente de acordo com o progresso cultural dos discentes. O objetivo dos encontros é desenvolver habilidades como consciência crítica, reflexão, controle da ansiedade e insegurança, foco e concentração no trabalho, além de aprimorar a formação humanística, tão importante para artífices do Direito.

Acompanhe o Círculo dos Novos Cipiões no Facebook. Clique Aqui.