oooo

 
Harpista Principal da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, formou-se com Patrizia Tassini no Conservatório J. Tomadini em Udine (Itália), com a nota máxima, e obteve o Mestrado com louvor na Universidade Mozarteum em Salzburg (Áustria) com Sarah O’Brien. Frequentou o curso de Pós-aperfeiçoamento no Conservatoire National Supérior de Musique em Lyon (França) com Fabrice Pierre. Em 2018 concluiu seu Doutorado em Musicologia sobre a obra de Luciano Berio e de Flo Menezes no Instituto das Artes da UNESP, sob a orientação do compositor Flo Menezes. Acompanhou masterclasses dadas por Cristina Bianchi (Orquestra Sinfônica da Rádio Bávara) e frequentou a Accademia per Professori d’Orchestra do Teatro alla Scala de Milão.
Baron foi membro da OSESP de 2007 a 2014 e do Teatro Ópera e Ballet em Liubliana (Eslovênia). Colaborou também como Harpista Principal com a Orquestra Fondazione Arturo Toscanini (dir. Lorin Maazel), Orchester der Tiroler Festspiele (dir. Gustav Kuhn), Birmingham Royal Ballet, Orchestra Sinfônica del Friuli- Venezia Giulia, Slovenska Filharmonija Orchestra, RTV Slovenija Orchestra, HNK Ivana pl. Zajca em Rijeka, SNG e Simfonicni Filharmonija Orchestra em Maribor.
Atuou em concertos como solista, com conjuntos de câmara (participando do IV Simpósio Europeu de Harpa), e como solista com orquestras na Itália e no exterior (França, Alemanha, Austria, EUA, Eslovênia, Croácia). Em janeiro de 2004 tocou Sequenza II de Luciano Berio, no Teatro Carlo Felice em Gênova, no primeiro memorial europeu dedicado ao compositor, espetáculo transmitido ao vivo pela Rádio Tre Rai.
Participou em concursos nacionais e internacionais como Concurso Internacional de Harpa dos E.U.A., Concurso Nacional F. Schubert (Primeiro Prêmio), Concurso Internacional “Città di Tortona” (Terceiro Prêmio), X Concurso Nacional da Società Umanitaria di Milano (Primeiro Prêmio). Em maio de 2002 ganhou o Segundo Prêmio no “V. Salvi”, o mais prestigioso Concurso de Harpa da Itália; em novembro de 2003 ganhou bolsa como finalista do Concurso Internacional “V. Bucchi” em Roma; em maio de 2005 ganhou o Segundo Prêmio no Concurso de Harpa Alemão dado pelo Círculo Cultural de Economistas Alemães (Kulturkreis der deutschen Wirtschaft) na Confederação da Indústria Alemã (BDI); em junho de 2007 ganhou o Primeiro Prêmio no Concurso Internacional da Associação Eslovena de Harpa.
Realizou gravações para Sarx Records das peças compostas por Nöel-Gallon e J. Guridi. Desde 2012 è professora de harpa na EMESP e regularmente convidada a lecionar em festivais. Em 2017 esteve como professora na preparação da turnê latino-americana da YOA – Youth Orchestra of Americas.
Paola Baron é professora do Curso Superior de Música (Bacharelado) da Faculdade Cantareira.
Clique aqui para ver o lattes [+]