“Rogério Wolf é um instrumentista em muitos planos, excepcional” “…desempenhou de forma antológica, durante as duas récitas de sua orquestra em “Daphnis et Chloé” de Ravel…” (Critica Concerto OSESP) Folha de São Paulo, 23 de setembro de 2000.
Formado em Música pela FASM (SP, Brasil), após mais de 25 anos como primeira flauta das melhores orquestras do país como Sinfônica do Estado de São Paulo-OSESP (1981-2001) e Sinfônica Brasileira-OSB (2003-2006), atualmente dedica-se a concertos como solista e camerista.
Professor da Escola Municipal de Música de São Paulo e Instituto Baccarelli, Wolf é integrante do Núcleo Hespérides – Música das Américas e presidente da Associação Brasileira de Flautistas – ABRAF.
Tem atuado como solista nas principais orquestras do Brasil, entre elas Sinfônica do Estado de São Paulo, Sinfônica de Porto Alegre, USP e Ribeirão Preto, Orquestra Sinfônica de Campinas e também com a Orquestra Sinfônica de Santos. Em dezembro de 2006 participou do Festival Virtuose em Recife, PE onde teve oportunidade de participar em concerto com Antonio Menezes, tocando Assobio a Jato de Villa Lobos. Em 2000 participou da Convenção da Associação Americana de Flauta em Columbus, OH – EUA, em dois concertos, onde tocou a primeira audição norte-americana do concerto para duas flautas e cordas de Ernst Widmer.
Empenhado na divulgação internacional de obras de compositores brasileiros, em dezembro de 1999 realizou, com grande sucesso, uma tournée ao lado do pianista Fernando Tomimura em cidades da Alemanha, Finlândia e Rússia.
Sua discografia inclui: Trio, for flute viola and guitar – Music for Flutes, com o Quinteto de Flautas de São Paulo, dedicado à obra de Boismortier – Luminamara, com o Núcleo Hespérides – Retratos de Radamés, com a obra e Radamés Gnattali.
Rogério Wolf é professor de Flauta na Escola Superior de Música da Faculdade Cantareira.
Clique aqui para ver o Lattes [+]